REVISTA BICICLETA - Lançamento - Saltos, técnica, adrenalina e disputa agitam a Serra Macaense
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 67

Assine

Revista Física
Revista Virtual



Espaço Imprensa

Saltos, técnica, adrenalina e disputa agitam a Serra Macaense

30/07/2013

Saltos, técnica, adrenalina e disputa agitam a Serra Macaense

O Campeonato Brasileiro de Downhill 2013 será realizado na cidade de Macaé, Estado do Rio de Janeiro, entre nos dias 26, 27 e 28 de julho.  A cidade que é conhecida nacionalmente por ser a Capital do Petróleo será conhecida também, este ano, como a Capital Nacional da Adrenalina morro abaixo. Etapa única, como é a tradição das maiores competições de ciclismo do mundo, os atletas estarão correndo atrás do título de Campeão Brasileiro, podendo a partir de então, estar apto a requerer recursos importantes para sua carreira como o Bolsa Atleta, além de estarem sendo observados pelas maiores empresas de produtos do ciclismo do mundo.

A pista é considerada de forma unânime como a melhor do Estado, com quase 4min de descida pela categoria Elite. Tudo o que se possa imaginar de dificuldade técnica para uma prova de downhill (DH), o local tem e sem reservas. No distrito do Frade, no pé do Pico do Frade, inicia próximo ao respiro da tubulação da Usina Macabu, se extendendo até a planta de geração da usina, que é gerenciada pela Quanta Geração. São descidas com gaps (saltos livres), mesas, duplos, raízes, troncos, rock garden (jardim de pedras), trilhas fechadas e locais de alta velocidade. Tudo para adrenalizar ainda mais a competição.

“Quando a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) concedeu abertura ao projeto de realização do Campeonato Brasileiro no Estado do Rio de Janeiro, já conhecíamos a opinião dos atletas em relação ao local para o evento. A pista é única com todas essas características. Imediatamente procuramos a FESPORTUR, que é a Fundação de Esporte e Turismo de Macaé, para que pudessem ver a importância e grandiosidade do evento. Entenderam e fortaleceram rapidamente para que os objetivos, tanto dos atletas quanto da Federação Estadual de Ciclismo (Fecierj) pudessem ser alcançados. E para Macaé a grande honra de sediar magnífico evento”, relata Cláudio Santos, Presidente da Fecierj.

“Muitos são os benefícios desse projeto. Para os atletas, a disputa em um local com descida de tempos altos e dificuldade técnica elevada equilibra a situação e faz com que segundos possam ser decisivos. Para a Serra Macaense uma injeção, ainda difícil de calcular, de público-participante de alto nível, de turismo esportivo de qualidade, geração de renda alternativa e também a inserção do nome da cidade no plano Nacional do ciclismo off Road. Já foi iniciada uma forte tradição na cidade, em relação ao ciclismo. Macaé foi o ponto alto da Volta Master de ciclismo de estrada e agora está apta a ser conhecida como a cidade que tem todos os terrenos para o ciclismo”, comenta Eduardo Almeida, Diretor de Marketing da Fecierj e co-organizador do evento.

“Queremos que fique de legado a preparação do local, para que todos os anos, possa ocorrer uma etapa do Ranking Nacional. Este ano tivemos a primeira chancela nacional nessa pista e queremos que continue assim. Um novo Campeonato Brasileiro por aqui vai demorar para acontecer novamente, sabemos, mas Ranking Nacional estaremos sempre aptos a realizar. Vamos mostrar a todos os atletas nossa capacidade de transformar um simples evento em uma festa do esporte. Toda a Serra Macaense será grata por essa inserção no calendário Nacional”, comenta Tiago Guedes, atleta de DH, morador de Glicério, organizador do evento.

Preparação e aquecimento

Um evento do porte de campeonato nacional tem uma preparação extensa e criteriosa. São meses de processos e documentações para que tudo fique alinhado e os atletas se dediquem apenas à corrida. A preparação do local já movimentou várias pessoas da comunidade de Frade e Glicério e continuará mexendo com a região até a finalização da prova.

Não há mais vagas em pousadas na região e 2 semanas anteriores ao evento os restaurantes próximos da pista já tiveram aumento no número de refeições fornecidas. Tudo isso poque vários atletas já migraram para a região em busca do menor tempo de descida, treinando insistentemente e muitos deles, auxiliando também nas obras.

Com isso, não só os atletas entraram em aquecimento, todos os setores ligados ao turismo também já sentem o calor do campeonato.

Mulheres no comando

O DH é conhecido por ser uma modalidade do ciclismo onde o sexo masculino impera na estatística quantitativa. É quase considerado um esporte de “machões”.

A grande surpresa desse campeonato é a presença de uma mulher chamada Regina Barbieri. Ela é a primeira mulher comissária internacional do Brasil, ligada diretamente à União Ciclística Internacional (UCI). E os títulos não ficam por ai, ela também é a única mulher comissária MTB/UCI da America do Sul, sendo a mais jovem comissária do mundo na disciplina Mountain Bike.

E ela será a responsável via CBC a ordenar, alinhar e pontuar todos os “machões” desse esporte de grande intensidade e adrenalina. As mulheres mostram cada vez mais suas unhas e dentes mostrando que não existem barreiras, e que sexo frágil não existe no DH.

Governo do Estado

Além do patrocínio da Prefeitura de Macaé, através da FESPORTUR, mais uma vez o Governo do Estado estará presente através da Secretaria de Esporte e Lazer.

Um grande projeto apoiado pelo Estado é o MTB de Favelas, onde a Fecierj é a supervisora.

Essa união para a realização do Campeonato Brasileiro de Downhill 2013 evidencia a vontade de mostrar que o esporte, tanto para o município quanto para o estado, é o caminho perfeito para promover ao mesmo tempo, saúde e educação, que é a grande necessidade das políticas atuais, gerando uma série de benefícios como contrapartida.

A hora é essa

São os últimos momentos de preparação para a festa mais radical do Estado do Rio de Janeiro.

O evento terá praça de alimentação e banda ao vivo no sábado (27) e domingo (28). Tudo começando à partir das 8h da manhã.

O público poderá percorrer grande parte da trilha por onde os atletas estarão descendo, disputando o grande título de Campeão Brasileiro de Downhill.

Para saber mais lançamentos do mundo da bicicleta curta nossa página no Facebook ou siga-nos no Twitter.

Fonte: Fecierj

ATENÇÃO

Artigos fornecidos e autorizados por empresas e assessorias de imprensa são de responsabilidade dos mesmos. Os conceitos e sugestões de tais artigos e releases não necessariamente refletem o editorial da Revista Bicicleta.

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados