REVISTA BICICLETA - Shimano Fest Convida tem edição histórica com Eduardo Puertollano, lenda do ciclismo sul-americano
MPRO
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 83

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Shimano Fest Convida tem edição histórica com Eduardo Puertollano, lenda do ciclismo sul-americano

Evento receberá o atleta Olímpico de Melbourne em 1956, pela seleção do Uruguai, e será realizado nesta quarta-feira (13), às 18h, na Pizzaria Lenheira, na zona Norte de São Paulo

Por ZDL Sports
8.759 visualizações

Shimano Fest Convida tem edição histórica com Eduardo Puertollano, lenda do ciclismo sul-americano
Eduardo Puertollano (esq.) em pedal na Ciclovia da Marginal Pinheiros
Foto: © Bike É Legal / Divulgação

A terceira edição do Shimano Fest Convida, bate-papo descontraído no happy hour, promete ser bastante especial. Nesta quarta-feira (13), às 18h, Eduardo Puertollano será o convidado para falar sobre a bike, na Pizzaria Lenheira, na zona Norte de São Paulo. O uruguaio de 82 anos, que vive no Brasil desde o início dos anos 1960, competiu nos Jogos Olímpicos de Melbourne 1956, na Austrália, e foi medalha de prata no Pan-Americano de 1959, em Chicago, nos Estados Unidos.

"Fui em todas as edições do Shimano Fest. É uma coisa diferente das feiras em geral. É um evento mais familiar, em que você encontra todo mundo. Amigos, comerciantes. Assim, une o ciclismo comercial e o esportivo. É um momento bem bacana e agrada a gente estar presente. Sinceramente me dá vontade de ir todos os dias e ficar lá o dia inteiro, batendo papo com as pessoas. É sensacional e o Brasil merece algo deste nível", conta Eduardo Puertollano, que na primeira edição, em 2010, recebeu uma homenagem, junto com Renata Falzoni, Eduardo Ramires e Fernando Louro, pelas histórias pessoais de dedicação à Bicicleta.

O rumo da vida do uruguaio Puertollano mudou em 1959, quando veio para o Brasil disputar a Prova Ciclística 9 de Julho. Foi no evento que conheceu Ângela, sua esposa e mãe de suas duas filhas, Erika e Elizabeth. "Me sinto muito honrado e orgulhoso de saber que os brasileiros me adotaram como um filho do País. Todos os eventos lembram-se de mim. Não sei se por toda minha história e os muitos anos trabalhando com a bicicleta. Tenho tantos amigos no nosso ramo que é interminável o número. Isso faz parte da lembrança e da amizade. Eu sou uruguaio mas me sinto brasileiro, por ter minha esposa daqui e minhas filhas nascidas no brasil. Amo esse País e sou grato por tudo que tive e pude fazer aqui", agradece Puertollano.

Eduardo Puertollano em Interlagos nos anos 1960
© Acervo Pessoal / Divulgação

Após iniciar o namoro à distância com Ângela, o ciclista mudou-se definitivamente para o Brasil em 1962. Dois anos depois, abriu sua loja, a Eduardo Puertollano Bicicletas, no Tremembé. Após 12 anos na sede inicial, a bike store mudou de local e completa 42 anos no endereço atual, no começo da Serra da Cantareira. "Minha loja é caminho de quem vai fazer trilha ou então fazer ciclismo de estrada. Antigamente era o local de treinamento de todas as equipes na Estrada de Santa Inês", relembra.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha