REVISTA BICICLETA - Pregão pode definir nova empresa para assumir o Bike Santos
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



Notícias

Pregão pode definir nova empresa para assumir o Bike Santos

Por A Tribuna
12.328 visualizações

Pregão pode definir nova empresa para assumir o Bike Santos
Em um ano, foram registradas 386 mil viagens
Foto: Luigi Bongiovanni

Acontece nesta quinta-feira, às 13 horas, o pregão presencial para escolher a empresa que assumirá o programa Bike Santos. O contrato com a Serttel, assinado em caráter experimental, vence no dia 26. Em um ano, segundo a Prefeitura, foram quase 43 mil cadastros e pouco mais de 386 mil viagens. Por isso, a intenção é contratar uma empresa até o fim do mês para que o projeto não seja interrompido.

Nesta quarta-feira, a pedido do vereador Ademir Pestana (PSDB), a Câmara de Vereadores realizou uma audiência pública para discutir a continuidade do projeto. “Nós estamos sendo procurados por muitas pessoas. A preocupação é com a não renovação do contrato e a descontinuidade do serviço”, afirmou Ademir.

Segundo o diretor de Transportes Públicos da Companhia de Engenharia e Trânsito (CET) de Santos, Rogério Crantschaninov, não houve interesse por parte da empresa que presta serviços em renovar o contrato nos termos atuais. ''A expectativa era de se conseguir patrocínios para bancar o projeto, o que não aconteceu. Como os santistas aprovaram a ideia, a Prefeitura teve que repensar o modelo''.

Segundo ele, para a realização do pregão, três empresas já retiraram o edital. Outras interessadas podem se apresentar nesta quinta-feira e vence quem atender às exigências do modelo pelo menor preço.

Ainda assim, o diretor alerta que pelo prazo curto, qualquer problema deve paralisar o serviço. “A Prefeitura não tem como disponibilizar as bicicletas e terminais (que são da empresa) da noite para o dia”. Para os cadastrados, com o encerramento do programa, serão devolvidos os R$ 10 dados como caução.

O diretor esclarece ainda que, como o futuro contrato não será mais experimental, penalidades para o descumprimento poderão gerar multa à empresa.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados