REVISTA BICICLETA - Mountain bike elétrica tem bateria recarregada nos altos e baixos da pista
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 78

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Mountain bike elétrica tem bateria recarregada nos altos e baixos da pista

Revista Bicicleta por Tecmundo
1.048 visualizações

Mountain bike elétrica tem bateria recarregada nos altos e baixos da pista
Foto: Divulgação

Uma corrida pelo relevo montanhoso da cidade de Monterey, na Califórnia, revelou que os avanços tecnológicos não vão deixar ninguém de fora, nem mesmo as sólidas mountain bikes que levam ciclistas pelos mais diversos altos e baixos das pistas mais inóspitas. Utilizando tecnologia de ponta, baterias e motores elétricos facilitam a vida de quem se aventura com as bicicletas subindo e descendo pilhas de terra e pedregulho.

É claro que a tecnologia não é novidade nesse mundo. De algumas décadas para cá, muito mudou no mundo das mountain bikes, incluindo o desenvolvimento de melhores pneus, novos materiais mais leves para compor a estrutura dos veículos e outras partes tão importantes quanto, como suspensão, freios, pedais e muito mais.

Movido a eletricidade

Porém, até então, nada saiu do mundo da propulsão mecânica das bikes, aquela que o próprio usuário exerce à base de muita força física. Só que agora começam a aparecer mountain bikes com baterias e pequenos motores elétricos para ajudar o piloto naquelas subidas mais impiedosas. A prática, no entanto, acaba caindo na polêmica: afinal, isso continua sendo uma bicicleta ou é uma motocicleta?

Tem gente que não liga – muito pelo contrário – e até acha que a ideia é interessante e pode ajudar a popularizar a prática. Tem gente que deixa de ir em certos lugares de bicicleta ou nem mesmo arrisca sair de casa ou de lugares mais “confortáveis” achando que o passeio vai exigir demais. As bikes com motor elétrico podem levar pessoas em lugares que nunca ousariam ir sem essa “ajudinha extra”.

Disputas acirradas

O uso dessas bicicletas elétricas também é feito na forma de competições, com corridas envolvendo diversos participantes. Nesse caso, não há problema: além de todos os participantes terem acesso ao uso do motor elétrico igualmente, são eles próprios que recarregas as baterias, ou seja, tem hora em que o jeito é realmente pedalar de verdade.

Outra coisa que faz uma grande diferença são os tipos de bicicleta elétrica utilizados nessa prática. Algumas apenas ajudam na hora da pedalada, ou seja, fazem força junto com você para que a bike ande mais rápido com impulso do motor elétrico. Outras possuem um tipo de acelerador, como nas motos, e correm um pouco mais rápido. Em todos os casos, os veículos atingem de 32 km/h a 45 km/h em média.

Com defensores e detratores, as mountain bikes elétricas já são uma realidade e trazem um ar novo e um panorama diferente para a prática, seja de competição ou de laser. E você, o que acha das bicicletas elétricas? Elas continuam sendo realmente bicicletas?

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados