REVISTA BICICLETA - Cannondale Brasil Racing tem nova formação para 2019
MPRO
Sapatilha Berm

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 87

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Cannondale Brasil Racing tem nova formação para 2019

No segundo ano da equipe, objetivo permanece sendo contribuir com o crescimento do ciclismo brasileiro

Por Esporte&Negócio / Christian McCardell
1.522 visualizações

Cannondale Brasil Racing tem nova formação para 2019
Foto: Divulgação

Estão definidos os integrantes da Cannondale Brasil Racing para 2019: pertencentes à formação original do início do ano, Viviane Favery e Sherman Trezza ganham agora a companhia de Guilherme Muller na equipe. O trio estará em ação nas principais provas do calendário brasileiro e internacional, de olho na contribuição para o crescimento do ciclismo brasileiro e, também, com o objetivo de ajudar o Brasil a conquistar novas vagas nas Olimpíadas do Japão, em 2020.

“O ano de 2018 foi histórico para a Cannondale. Começamos a temporada apresentando a Cannondale Brasil Racing e, depois, tivemos o ótimo desempenho do Henrique Avancini na Cape Epic, nas etapas da Copa do Mundo e na conquista do título mundial de MTB maratona. Em outubro, para fechar o ano da melhor maneira possível, ainda tivemos várias vitórias na Brasil Ride”,  enumera Eduardo Rocha, diretor de marketing da Cannondale. “Para 2019 trazemos o reforço do Guilherme Muller e reformulamos a equipe, com o objetivo de ter mais foco nos atletas e investir mais em cada um, buscando vagas olímpicas”, completa.

Além do patrocínio da Cannondale que dá o nome à equipe, também participam do projeto Continental, Crankbrothers, Fabric, Spiuk e Fizik, marcas referências quando o assunto é ciclismo.

Para Viviane Favery, que em outubro foi campeã das Américas na ultramaratona Brasil Ride, ao lado de Marcela Toldi, os objetivos para a temporada 2019 estão bem claros. “Projeto figurar entre as 50 melhores atletas do mundo no ranking da UCI e conseguir vencer minha primeira prova de XCO na elite. E, quem sabe, também encerrar a temporada entre as três melhores do ranking olímpico”, enumera. Em 2018, Vivi venceu  a Maratona Internacional Estrada Real, em Mariana, uma etapa do Brasil Challenge em Ibitipoca e uma etapa da Brasil Ride (além de provas amadoras de maratona).

Sherman Trezza, também campeão das Américas na Brasil Ride ao lado do ex-companheiro de equipe Lukas Kaufmann, tem como objetivo pedalar sempre no pelotão da frente. “Faz 9 anos que me tornei um atleta profissional e quero competir no cenário internacional e conquistar resultados expressivos nas principais provas do circuito”, afirma o campeão brasileiro de Maratona em 2010.

Já para Guilherme Muller, que no último dia 25 conquistou o título da Copa Internacional de Mountain Bike, em Congonhas (MG), a falta de entrosamento com seus novos companheiros não será um problema difícil de ser superado. “Conheço a Vivi há alguns anos e já fui companheiro de equipe do Sherman. Estou ansioso para unirmos forças e fazer um trabalho bastante legal. Sou muito grato pela oportunidade de fazer parte da Cannondale Brasil Racing e espero conseguir evoluir de prova em prova.”

Perfis dos atletas

Viviane Favery Costa

Local de nascimento: São Paulo, São Paulo
Idade: 32 anos
Perfil: Formada em publicidade e propaganda, trocou a carreira de executiva de marketing para ciclista profissional. Começou a pedalar em 2012 e profissionalizou-se no esporte em 2015. Foi bicampeã brasileira de MTB XCM em 2015 e 2017, campeã da Brasil Ride em 2015 e já representou o Brasil em campeonatos mundiais e outras competições internacionais, como etapas da Copa do Mundo de XCO.

Sherman Trezza de Paiva 

Local de nascimento: Lambari, Minas Gerais
Idade: 29 anos
Perfil: Atleta de Mountain Bike XCO (cross country) e XCM (maratona), Sherman terminou 2018 entre os melhores brasileiros no ranking internacional (UCI). Atleta profissional desde 2009, tem no currículo como principais feitos campeão do Brasil Ride 2013, campeão Brasileiro de Maratona 2010, campeão Pan-americano Sub-23 em 2010 e Top 3 Brasileiro MTB XCO nos anos de 2016 e 2017, entre outros.

Guilherme Gotardelo Muller

Local de nascimento: Monte Sião, Minas Gerais
Idade: 25 anos
Perfil: É o terceiro atleta do país no ranking da UCI. Começou a pedalar profissionalmente em 2011 e considera a persistência e a vontade de evoluir suas maiores virtudes. Em 2017 foi campeão da Taça Brasil de XCO e, em 2018, quarto colocado no Campeonato Pan-Americano e campeão da Copa Internacional de Mountain Bike.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados