REVISTA BICICLETA - Atletas da nova geração surpreendem favoritos e comprovam talento no Brasileiro de Pista
MPRO
Sapatilha Berm

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 87

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Atletas da nova geração surpreendem favoritos e comprovam talento no Brasileiro de Pista

Por CBC
1.148 visualizações

Atletas da nova geração surpreendem favoritos e comprovam talento no Brasileiro de Pista
Brasileiro de Pista 2018
Foto: © Luis Claudio Antunes/CBC

O terceiro dia de competição no Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista, distribuiu medalhas nas provas contrarrelógio, Scratch e Omnium das categorias Infantojuvenil, Juvenil e Junior. A disputa tem sido marcada por confrontos acirrados no Velódromo Municipal de Indaiatuba (SP).

Os atletas começaram a terça-feira (04/12) pedalando contra o tempo. Nas provas femininas de 500m, o estado do Paraná dominou o pódio conquistando as três medalhas de ouro em disputa. Na categoria Junior, o Clube Maringaense de Ciclismo conquistou dobradinha com as ciclistas paranaenses Amanda Kunkel, medalha de ouro com 40s610, e Bruna Adati, prata com 41s974. A paulista Marcella Sodré, da Memorial Santos, completou o pódio com 42s720.

A juvenil foi vencida por Julia Constantino, que somou sua segunda medalha de ouro ao marcar 40s760. A tocantinense Yana Camargo, revelação do campeonato, marcou 42s819, ficando com a prata, enquanto Vitória Cristina Bezerra conquistou o bronze com 42s918. Na Infantojuvenil, a equipe da Prefeitura Municipal de Rolândia ocupou as duas primeiras posições do pódio com Ana Julia e Isabela Schuster, primeira e segunda, respectivamente. Julia de Toledo ficou com o terceiro lugar.

Com o tempo de 1min08s788, Vinicius Guimarães, da Associação Ciclística Desportiva, pulverizou sua marca e garantiu a medalha de ouro na prova de 1km contrarrelógio da categoria junior masculino. A prata ficou com Wellington Timoteo, do Clube Ciclístico Araponguense, que marcou 1min10s355, e o bronze com Vinicius Gussolli, da SMEL Foz do Iguaçu, com 1min11s004.

“Hoje tive um dia bastante difícil. Tudo estava dando errado, tive problemas com a bicicleta, depois acabei não me sentindo muito bem, então fiz uma prova realmente de superação e vencer em um brasileiro é sempre uma grande satisfação. Espero poder voltar ao pódio nesta quarta”, comentou Vinicius Guimarães.

Confirmando a qualidade da nova geração de talentos do ciclismo nacional, Eric Labatut, o mais novo representante do Clã da família Labatut, dominou as provas da categoria Infantojuvenil. O gaúcho, de 14 anos, não economizou força e finalizou o dia com duas medalhas de ouro.

A primeira vitória foi conquistada na prova de 500m contrarrelógio, onde Eric cravou o tempo de 38min411. O segundo título veio na prova de Scratch, com vitória sobre Gabriel Senhoreli, da equipe da Prefeitura Municipal de Rolândia, segundo colocado, e Julio Silva, da Memorial Santos, terceiro.

Omnium

A prova Omnium é composta por quatro corridas disputadas em um único dia. Os ciclistas competem nas provas de scratch, tempo race, eliminação e prova por pontos. O atleta que conseguir a maior pontuação somando o desempenho em todas as provas é o vencedor.

Na Junior masculino, prevaleceu a força e regularidade do atleta Bruno Campos de Sá, da equipe Secretaria de Esportes de Indaiatuba, que somou 138 pontos durante as quatro corridas e garantiu a medalha de ouro. Com 114 pontos, Pedro Rossi, do Clube Maringaense de Ciclismo, conquistou a medalha de prata com 114 pontos, e Alan Labatut, da Brucicle, ficou com terceiro com 104 pontos.

“Primeiramente gostaria de agradecer a confederação pelo excelente campeonato, e também toda a equipe da Prefeitura de Indaiatuba pelo apoio e suporte que eles tem dado para a nossa equipe. Hoje fiquei muito feliz vencendo a Ominum. Ano passado a vitória havia sido do meu companheiro de equipe, Wolfgang, que agora já é sub-23, então levei como uma obrigação manter esse título na nossa cidade. Tudo deu certo, consegui me poupar em algumas corridas e cheguei nos momentos chaves muito bem fisicamente, acredito que esse tenha sido o diferencial”, contou Bruno.

Já entre as mulheres, Yana Camargo, do Tocantins, surpreendeu as principais favoritas, fez uma prova agressiva e muito consciente, e garantiu a vitória somando sua terceira medalha no campeonato. Na prova por pontos, que finaliza a Omnium, Yana chegou a dar duas voltas no grupo principal, que era composto por um combinado reunindo atletas tanto da juvenil como da junior.

Apesar de ser a primeira vez que pedalou no Velódromo, Yana pareceu estar em casa e mostrou muita qualidade. Para a tocantinense, poder voltar para casa com um título brasileiro na bagagem conquistado no velódromo vale qualquer sacrifício.

“Esse foi o meu primeiro contato com o Velódromo, então tive um pouco de dificuldade no início, mas depois consegui me adaptar bem e fiquei muito satisfeita com o meu desempenho. Poder conquistar pódio entre tantas meninas talentosas é uma honra, Principalmente por nunca ter tido a oportunidade de pedalar em um velódromo. Estou retornando muito motivada e feliz”, declarou Yana.  

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista 2018 é uma realização e organização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Paulista de Ciclismo (FPC), com patrocínio da Penks Vestuários, e apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba e Travel Inn Hotels.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados