REVISTA BICICLETA - As 10 melhores cidades para pedalar
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 67

Assine

Revista Física
Revista Virtual



Notícias

As 10 melhores cidades para pedalar

Por 360 Graus
12.557 visualizações

As 10 melhores cidades para pedalar
Foto: Divulgação

Apesar de ter crescido o incentivo para o uso de bikes nas capitais brasileiras, em especial São Paulo e Rio de Janeiro, elas ainda estão longe de ser as que mais estimulam os moradores a utilizarem o transporte alternativo.

O site norte-americano Green Diary listou as dez cidades mais bike friendly do mundo. 

Amsterdã

Amsterdã é conhecida por ser uma das cidades com melhor infraestrutura para bicicletas. A relação dos cidadãos com este tipo de transporte é bem diferente do Brasil. As ruas desta cidade são estreitas e há poucas vagas nos estacionamentos, por isso a melhor opção é usar bike para se locomover.

Boulder

A cidade de Boulder, no Colorado, é um exemplo para os Estados Unidos. No local o incentivo de bicicletas se dá principalmente pela busca por um estilo de vida saudável, uma vez que o país apresenta uma porcentagem alta de obesos.

Boulder é pequena e isso facilita a circulação dos moradores através das bikes. Além disso, a cidade possui centenas de quilômetros de ciclovias, pistas e rotas que se interligam. Não é à toa que a cidade é referência nas listas sobre a área da saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Davis

Davis é uma cidade da Califórnia onde se vê nas ruas mais bicicletas do que carros. O incentivo começou ainda na década de 60, nos anos seguintes a cidade passou a desenvolver ciclovias e hoje 95% das principais ruas possuem as pistas exclusivas para bikes.

Em certos locais a entrada de carros é proibida, como em algumas faculdades que só permitem bicicletas no campus. Em 2006, a revista americana Bicycling inclui a cidade na lista das "Melhores cidades do ciclismo da América”.

Berlim

Em Berlim, na Alemanha, a prática de andar de bicicleta é muito comum. Elas são usadas por pessoas de todas as idades e não só para passeio. Até mesmo hospitais possuem estacionamento para as bikes. Devido às intervenções do Senado, que buscava aumentar para 15% o uso de bicicletas como meio de transporte, o número de usuários aumentou bastante.

Nos últimos anos, intensificou-se o desenvolvimento de infraestrutura de ciclovias, que foram duplicadas e 40 estações de bicicletas já foram feitas.

Barcelona

Barcelona, na Espanha, tem um grave problema no engarrafamento. Por causa disso, o governo optou por fazer alterações para tornar a cidade mais amiga das bikes e desafogar o trânsito. A Câmara Municipal implantou um programa de empréstimo de bicicletas disponível apenas para moradores de Barcelona.

Oregon

O estado do Oregon é localizada em uma região montanhosa dos Estados Unidos. Atrai muitos turistas e ciclistas por suas belezas naturais. Abriga muitas florestas, montanhas e rios. Lá, andar de bicicleta é muito popular, tanto que há diversas organizações relacionadas ao ciclismo.

Munique

Munique possui nada menos que 22 mil vagas de estacionamento e 1.200 quilômetros de ciclovias. Até o prefeito da cidade usa bicicleta para trabalhar. Os turistas que passeiam pela cidade também são aconselhados a usá-las e para isso basta alugar uma e escolher o roteiro.

São Francisco

A cidade de São Francisco foi eleita pela revista americana Bicycling a 6º melhor cidade para o uso da bike. Apesar das ladeiras, há um extensa rede de ciclovias e avenidas que facilitam a vida dos ciclistas. Além disso, a cidade possui um dos melhores transportes públicos dos Estados Unidos. Um das prioridades são as malhas de bonde, que além de transportar os moradores atraem turistas. 

Ottawa

Ottawa, capital do Canadá, é uma cidade com mais 170 quilômetros de ciclovias, sendo muitos deles próximos aos rios. Há também incentivo ao aluguel de bicicletas e todas as direções para o ciclismo foram adicionadas ao Google Maps. O problema é que nos últimos anos houve acidentes relacionados às bikes, por isso medidas começaram a ser tomadas para diminuir ao máximo o número de fatalidades.

Copenhague

Em Copenhague, capital da Dinamarca, aproximadamente 37% da população utiliza bicicletas. O principal motivo pela opção mais sustentável é que a população quer evitar o trânsito cada vez mais intenso.

Tanto políticos como celebridades podem ser vistas andando de bike pela cidade. O investimento na construção e manutenção de vias de ciclismo é muito grande e, espera-se que até 2015, metade da população dê preferência para este meio transporte. Devido a esta política de incentivos, a União Ciclística Internacional elegeu Copenhague à primeira Bike City. Com informações do Green Diary.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados