REVISTA BICICLETA - Visão holística do ser
MPRO
Sapatilha Berm

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 87

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Saúde

Visão holística do ser

Compreender e tratar de forma integral a sua saúde através das terapias alternativas complementares

Revista Bicicleta por Cláudia Franco
33.821 visualizações
06/02/2015
Visão holística do ser
Foto: baranq / Despositphotos

Pratico esporte desde muito jovem. E quem pratica esporte está sujeito a ter contusões e outros problemas físicos.

Devido a movimentos incorretos no esporte, tensão do trabalho e estudo intenso, passei a ter dores terríveis na cervical. Um colega de trabalho me indicou um acupunturista. Na época, não conhecia esse tipo de tratamento, mas a recomendação foi tão consistente que resolvi me submeter ao tratamento. Na primeira seção já saí completamente aliviada das dores. Este episódio ocorreu há 32 anos!

Desde então, em quase cem por cento das vezes me trato com as chamadas Terapias Alternativas Complementares (TAC), ou Medicinas Alternativas e Complementares (MAC) ou ainda Práticas Integrativas e Complementares (PIC).

As Terapias Alternativas Complementares (TAC) são as técnicas que visam a assistência à saúde do indivíduo, seja na prevenção, tratamento ou cura, considerando-o como mente, corpo e espírito e não um conjunto de partes isoladas. Esta é a visão holística do ser. Seu objetivo, portanto, é diferente da assistência alopática, também conhecida como medicina ocidental, em que a cura da doença deve ocorrer através da intervenção direta no órgão ou parte doente.
 
Hipócrates, o pai da medicina, na antiga Grécia, muito antes da era cristã, já definia saúde como o estado de harmonia do homem com a natureza, o equilíbrio entre os diferentes componentes do organismo com o meio ambiente. De acordo com seus pensamentos, saúde e doença dependiam de perfeita integração da mente, do corpo e do meio ambiente. 

Alguns estudiosos agrupam as TAC's da seguinte forma: 

  • Terapias físicas: acupuntura, moxabustão, shiatsu (e outras massagens), do-in, argiloterapia, cristais; quiropraxia; 
  • Hidroterapia: banhos, vaporização e sauna; 
  • Fitoterapia: ervas medicinais, florais; 
  • Nutrição: nutrição alternativa, terapêutica nutricional ortomolecular; 
  • Ondas, radiações e vibrações: radiestesia, radiônica; 
  • Terapias mentais e espirituais: meditação, relaxamento psicomuscular, cromoterapia, toque terapêutico, visualização, Reiki; 
  • Terapia de exercícios individuais: biodança, vitalização.
  • Prevenção: é a melhor forma de cuidar da sua saúde e a menos custosa.

 
Para aqueles que pretendem iniciar a prática esportiva, o preparador físico e assessor esportivo professor Helio Souza, recomenda que procurem um médico para realizarem uma check-up. Depois, busquem informações ou contratem um profissional especializado para orientá-los em suas atividades. Além dos exercícios físicos é necessário que este profissional forneça instruções e recomendações sobre segurança, equipamentos e técnicas para uma prática esportiva segura e saudável.

Com relação à alimentação, a professora Dra. Cláudia Cezar, Doutora em Nutrição Humana Aplicada (USP), Mestre em Nutrição e Metabolismo (UNIFESP) e Especialista em Fisiologia do Exercício (UNIFESP), recomenda: “siga as normas padrões que você já ouviu falar, ou seja, coma de três em três horas, pequenas quantidades, dê preferência às frutas, verduras, alimentos integrais e tenha liberdade de ingerir os alimentos ricos em carboidratos! Eles são o combustível principal da prática esportiva, mesmo quando emagrecer estiver dentro do contexto!”

Foto: Robyn Mackenzie / Depositphotos

Verificar o estado da sua saúde através de exames clínicos, manter uma alimentação saudável e adotar uma prática esportiva é um dos caminhos para evitar problemas de saúde, principalmente os mais comuns provenientes do sedentarismo, alimentação incorreta e estresse.

Outra forma de prevenção e cuidados com a saúde é a prática da meditação transcendental. Segundo médicos e pesquisadores, a prática duas vezes ao dia da técnica da Meditação Transcendental promove o coração saudável, pois reduz a ativação do sistema nervoso simpático que, por sua vez, dilata os vasos sanguíneos e reduz os hormônios do estresse, tais como adrenalina, noradrenalina e cortisol. Uma pesquisa recentemente publicada pelo National Institutes of Health, dos Estados Unidos, confirma que a técnica da MT reduz a pressão arterial alta, reduz a aterosclerose, reduz a constrição dos vasos sanguíneos, reduz o espessamento das artérias coronárias, reduz o uso de medicação anti-hipertensiva e consequentemente reduz as taxas de mortalidade.

Terapias Alternativas Complementares

Acupuntura: A acupuntura ou acupunctura (do latim acus - agulha e punctura - colocação) é um ramo da Medicina Tradicional Chinesa. A acupuntura consiste na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo, chamados de "Pontos de Acupuntura" ou "Acupontos", para obter efeito terapêutico em diversas condições.

Foto: Yuri Arcurs / Dreamstime

Segundo a professora e terapeuta Romana de Souza Franco, a acupuntura atua no alívio do estresse, no alívio da dor, no controle das inflamações decorrentes do uso excessivo e repetitivo dos músculos. Ela ressalta também que a prática esportiva regular impõe um grande desgaste energético que exige certo tempo para recuperação do atleta na busca pela melhora do seu desempenho, neste caso a acupuntura surge como uma técnica promissora para a diminuição do estresse, estimulando a secreção de endorfinas, relaxando os sistemas cardiovascular e muscular e restaurando o equilíbrio físico e normalização das funções viscerais.

Já no caso da recuperação de lesões, a acupuntura age como antiinflamatórios devido a sua habilidade de liberar aminoácidos no local e estimular a glândula pituitária que produz hormônios adrenocorticortrópicos, ambos antiin- flamatórios endógenos. 

Quiropraxia: A quiropraxia é uma disciplina na área da saúde que enfatiza o poder inerente do corpo para recuperar-se espontaneamente sem o uso de medicamentos ou cirurgia. A prática da quiropraxia concentra- se na relação entre a estrutura (principalmente a coluna vertebral) e função (coordenada pelo sistema nervoso), e como esta afeta a preservação e restauração da saúde.

Foto: Arquivo Pessoal

A quiropraxia dedica-se ao tratamento de problemas do sistema músculo-esquelético. Através de técnicas de terapia manual, exercícios e orientação postural, os quiropraxistas procuram diminuir a dor e tensão, restaurando a movimentação normal.

Profissionais consultados

Dr. Antonio Alfonso Pacileo Cruz, diretor clínico da Healthy AntiAging Medicine, ginecologista e obstetra pela Associação Médica Brasileira, nutrólogo pela Associação Médica Brasileira, terapeuta Ortomolecular pela Associação Brasileira de Oxidologia, especializado em medicina preventiva.

Alexandre Zuppo,  Quiropraxista pela Universidade Anhembi Morumbi - SP

Dra. Cláudia César, Doutora em Nutrição Humana Aplicada (USP), Mestre em Nutrição e Metabolismo (UNIFESP) e Especialista em Fisiologia do Exercício (UNIFESP)
Instituto Perfil Esportivo 

Professora Romana de Souza Franco, educadora física pela UMC - Universidade de Mogi das Cruzes, especialista em Acupuntura pela FMU - Faculdade Metropolitanas Unidas e Mestranda em Engenharia Biomédica pela UMC - Universidade de Mogi das Cruzes. Coordenadora e docente dos cursos de Pós Graduação Latu Sensu em Acupuntura nas instituições UMC - Universidade de Mogi das Cruzes, UNICSUL – Universidade Cruzeiro do Sul, UNG – Universidade de Guarulhos e FaculdadeBrasil.

Prof. Hélio Souza, Graduado em esporte pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciências pelo Instituto de Ciências Biomédicas (USP), pós graduado em Marketing e Administração Esportiva, preparador físico de atletas profissionais e amadores do ciclismo de estrada e do Mountain Bike.

As principais condições tratadas com quiropraxia são dores na coluna vertebral, dores de cabeça, dores e tensão muscular, dores arti- culares e restri- ções a movi- mentação.

Segundo o quiropraxista Alexandre Zuppo, a vida cotidiana sem- pre influencia na vida da co- luna. Posturas, peso, estresse, movimentos repetidos, po- sicionamento ao dormir, falta de alongamento e atividade física, são os grandes vilões para a sua coluna. A quiropraxia, através da técnica de manipulação, faz o alinhamento da coluna eliminando as dores e tensões. A quiropraxia pode ter influência na forma física, pois todos os músculos recebem informações pelos nervos periféricos que saem da sua coluna vertebral. Desta forma, uma coluna com problemas pode afetar a chegada desta informação do sistema nervoso central.  Sendo assim, pode afetar o desenvolvimento dos músculos e das articulações que só funcionam por causa dos mesmos. 

“Sempre procure um profissional com formação em quiropraxia, filiado a ABQ - Associação Brasileira de Quiropraxia”, ressalta Alexandre Zuppo.
Terapia Ortomolecular: A base da terapia ortomolecular é estabelecer o equilíbrio nutricional através de uma análise detalhada das insuficiências de absorção e/ou ingestão de nutrientes necessários para o equilíbrio metabólico do organismo. 

“Na realidade, todas as especialidades usam a terapia ortomolecular, pois tratam-se de princípios básicos da bioquímica médica e o equilíbrio nutricional é a chave para o envelhecimento saudável, na prevenção da maioria das doenças degenerativas e, em caso de atletas, otimizar performance e prevenir os danos que o exercício físico em excesso pode causar”, comenta Dr. Antonio Alfonso Pacileo Cruz, diretor clínico da Healthy AntiAging Medicine, ginecologista e obstetra pela Associação Médica Brasileira, nutrólogo pela Associação Médica Brasileira, terapeuta Ortomolecular pela Associação Brasileira de Oxidologia, especializado em medicina preventiva.

Segundo Dr. Antonio Pacileo, na Dinamarca foi realizado um trabalho de grande interesse, onde foram estudadas 2.000 crianças adotadas. Avaliando as doenças desenvolvidas pelos pais de criação e os pais sanguíneos, observou-se que as crianças desenvolveram as doenças dos pais de criação, e não dos pais biológicos. Esse exemplo mostra a importância que o meio ambiente e o hábito de vida exerce determinando uma grande gama de doenças. Se tomarmos como exemplo o “fator japonês”, a chance de uma mulher japonesa morrer de câncer de mama seria de 0,3 para cada 100.000 habitantes por ano. Se formos comparar com os Estados Unidos, a chance de uma americana morrer de câncer de mama é de 100 mulheres para cada 10.000 habitantes. Se transferirmos a mulher japonesa para os Estados Unidos e esta adquirir os mesmos hábitos, a chance passará a ser igual a das americanas. Então, quando falamos em prevenção de doenças, a coisa mais importante é controlar o meio ambiente, ou seja,  hábito de vida, que inclui alimentação saudável, equilíbrio emocional, atividade física e cuidados com o ecossistema.

“Falando especificamente de atletas, hoje em dia estão disponíveis alguns testes funcionais que avaliam a função de uma organela responsável pela produção de energia (ATP), a mitocôndria. Essa organela oxida os carboidratos, as gorduras de depósito e as proteínas,  transformando-os em energia biológica (ATP). O teste referido é a dosagem urinária dos ácidos orgânicos que nos fornece uma análise da função mitocondrial,  ou o poder da célula em gerar energia, muito importante para o aumento de desempenho e resistência nos exercícios, sem citar que literalmente 90% das doenças  neurodegenerativas tais como Parkinson , Alzhemier , fibromialgia, câncer, autismo em criança, estão relacionadas com a desordem da função mitocondrial”, finaliza Dr. Antonio Pacileo.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados