REVISTA BICICLETA - Rotas 3 e 4
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Roteiros - Brasil - Sul

Rotas 3 e 4

Corupá e São Bento do Sul

Revista Bicicleta por Cicloriders
35.889 visualizações
03/12/2012
Rotas 3 e 4
Foto: Cicloriders

Situada na serra do mar, ao norte do estado de Santa Catarina, a 67 km de Joinville e 210 km de Florianópolis, Corupá, que em tupi guarani significa lugar de muitas pedras, é famosa por ser a capital catarinense em produção de bananas e abrigar em seu território inúmeras cachoeiras e locais perfeitos para quem gosta de fazer um pedal saudável e radical, com estradas planas, serras cheias de curvas e paisagens deslumbrantes, pois a cidade é cercada de morros com vasta vegetação de mata atlântica. O Cicloriders, grupo de bikers de Mafra, também de Santa Catarina, fez uma aventura por duas rotas da região: a 3 e a 4, que ligam Corupá a São Bento do Sul. O grupo indica sair de Corupá pela rota 4, que sobe a serra cerca de 30 km em direção à localidade de Rio Vermelho, já em São Bento do Sul. A rota 3 é indicada para voltar a Corupá; ela desce por uma estrada cheia de curvas, passando pela famosa e antiga estação de trem de Rio Natal, e o Morro da Igreja, um dos principais pontos turísticos de Corupá, formado por três espigões de granito que lembram um templo, visto durante quase todo o percurso.

Para começar o pedal, o ideal é se concentrar na praça no centro da cidade, onde suas calçadas possuem vários desenhos de bicicletas. A rota 4, como o mapa indica, tem início ao lado da praça, seguindo o calçamento que vai em direção ao cruzamento da linha do trem. Logo após a linha férrea, é só virar a esquerda e seguir sempre em frente, com o final do paralelepípedo começa a aventura, em uma estrada de terra acompanhada por um rio cheio de pequenas corredeiras de um lado e do outro com muito verde e muitas flores, além da grande quantidade de bananeiras. Alguns quilômetros à frente se chega a um local com uma ponte, do lado esquerdo onde se pode atravessar para o outro lado do rio, mas siga em frente, seguindo a placa que diz Morro da Igreja/Parque das Aves, este logo mais à frente, um local ótimo para se tirar boas fotos.

Mais adiante em uma bifurcação, segue-se no sentido contrário à indicação de Morro da Igreja, ou seja, segue-se à esquerda. Após mais alguns quilômetros, quando chegar em um parque com piscinas, vire novamente à esquerda e atravesse a ponte para então começar uma subida forte e um pouco longa, mas com muita sombra. Pare no mirante quase no final da subida, de onde se tem uma vista compensadora com o Morro da Igreja ao fundo. Continuando a subida, pode-se seguir a estrada à direita em direção a Rio Vermelho, ou em frente e logo depois à esquerda, e começar a descer em direção a Rio Natal. A estrada é cortada várias vezes pela linha do trem: ora a estrada de ferro está à direita, ora está à esquerda. Ao cruzar a mesma é bom ficar atento, os trilhos também são cheios de curvas e o trem pode aparecer de repente. Ao chegar em um local onde a estrada se divide em duas e tem um bar bem rústico e uma placa indicando Corupá, siga em frente e vá até a estação abandonada, tire umas fotos e depois retorne até o bar e siga em direção a Corupá.

A descida é forte. Cuidado se precisar usar os freios repentinamente, pois será difícil parar a bike. Vá sempre em frente pela estrada principal e após algumas curvas abaixo, chegará em uma ponte, que no início do percurso ficava do lado esquerdo. Agora vá no sentido contrário ao que diz a placa do outro lado, aquela que indicava Morro da Igreja no começo do pedal, siga então à direita voltando por onde veio, mas atenção, quando a estrada se dividir em duas, vire à esquerda e passe pelo pórtico de madeira, atravesse a ponte, depois a linha do trem e siga agora à esquerda pela estrada maior, que vai em direção ao centro da cidade, sempre reto. Quando esta estrada termina, começa o calçamento que vai até à praça onde teve início o pedal. Em frente a praça há uma panificadora que oferece um bom lanche, ótimo para recarregar as energias e comentar a aventura feita.

Caso ainda tenha tempo e pernas, saia do centro da cidade e vá até o trevo de entroncamento com a BR-280, atravesse e vá até o antigo seminário Sagrado Coração de Jesus, outro ponto turístico de Corupá, onde há algum tempo foram filmadas cenas da novela Ana Raio e Zé Trovão: é legal conferir

 

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados