REVISTA BICICLETA - Pedala Zezinho leva diversão sobre duas rodas para jovens da periferia de São Paulo
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Ideias

Pedala Zezinho leva diversão sobre duas rodas para jovens da periferia de São Paulo

Revista Bicicleta por Aline Cavalcante
33.577 visualizações
22/01/2013
Pedala Zezinho leva diversão sobre duas rodas para jovens da periferia de São Paulo
Foto: Guilherme Zauith

Pelo segundo ano consecutivo, o Pedala Zezinho reuniu centenas de crianças e adolescentes do Parque Santo Antonio e Capão Redondo, Zona Sul de São Paulo, para participar das atividades recreativas e educacionais relacionadas ao uso da bicicleta na cidade.

Este ano, o evento aconteceu no mês de outubro e foi, mais uma vez, o grande responsável por mobilizar pessoas de todas as partes de São Paulo para levar muitos sorrisos, alegria e diversão para os "Zezinhos" da periferia. O Projeto é uma iniciativa do Instituto Aromeiazero, em parceria com a Casa do Zezinho e a Carbono Zero Courier.

Foram quatro dias com uma programação super especial com cinema, debates, oficinas, atividades esportivas e uma pedalada para 50 crianças no Parque Villa-Lobos.

"A programação este ano foi mais ampla que a primeira edição de 2011, mas o evento continuou fiel ao seu objetivo: mostrar a bicicleta como opção de esporte, lazer, trabalho, expressão artística e como um modal de transporte acessível", afirma a organização do Pedala Zezinho.

As oficinas

Durante dois finais de semana, os Zezinhos tiveram a oportunidade de participar da Oficina para Formação de Ciclista Entregador - promovida pela empresa de entregas Carbono Zero Courier - e de Mecânica Básica de bicicleta - com apoio de muitos voluntários e patrocínio da Tito Bikes, Sushi Tomy e Green Bike - onde foram consertadas cerca de 50 bicicletas gratuitamente.

Na Formação para Ciclista Entregador, os jovens tiveram acesso ainda à legislação relacionada ao ciclista, atendimento ao cliente, saúde, alimentação saudável e dicas de condução segura nas vias urbanas.

"Durante a Oficina de Ciclista Entregador, os adolescentes aprenderam que a bicicleta, além de ser uma opção de meio de transporte, pode ser um instrumento de geração de emprego e renda. Os participantes se animaram com a possibilidade de poder trabalhar com bicicleta e a oficina permitiu que eles buscassem isso conhecendo a legislação de trânsito e formas seguras para se usar a bicicleta na cidade", explicou Evelyn Araripe, uma das educadoras que participou da oficina.

Clínicas de bike polo

Outra atividade que movimentou os Zezinhos foram as Clínicas de Bike Polo, uma nova modalidade esportiva que vem ganhando cada dia mais espaço e adeptos entre os esportes urbanos. Os jogos foram ministrados pela equipe do São Paulo Bike Polo (SPBP). 

"Participar de projetos como o Pedala nos dá a oportunidade de difundir a cultura da bicicleta e do bike polo para uma criançada que quer experimentar outros esportes além do futebol. Foi possível perceber que eles adoraram e mostraram que têm potencial para o esporte. Isso é muito positivo, principalmente porque o Brasil será palco do próximo torneio sul-americano, que acontece aqui em São Paulo, em 2013", comemorou Gabriel Gargamel, um dos integrantes do Underdogs Bike Polo Team, equipe campeã sulamericana em 2012.

Debate e cinema de bicicleta

O Campo do Astro – campo de futebol próximo à Casa do Zezinho - recebeu o Cinema de Bicicleta, estrutura itinerante montada pelo Tela Brasil, com exibição de vários filmes relacionados à bicicleta e seguido de um debate super produtivo sobre a mobilidade urbana das grandes cidades.

As experiências de Renata Falzoni, Daniel Guth, José Police Neto, Saulo Garroux e Aline Cavalcante engrandeceram as discussões e trouxeram uma visão crítica da construção das nossas cidades, da política pública voltada à periferia e de estímulo ao engajamento nas comunidades.

"Trazer pessoas que são referência no assunto para dialogar com os jovens do Capão tem uma importância incalculável para a autoestima e valorização no processo de crescimento deles e na construção da cidadania", afirmou Saulo Gaurrox, Vice-Presidente da Casa do Zezinho.

Pedal no Parque Villa-Lobos

O último dia do Pedala Zezinho foi marcado por uma pedalada com cerca de 50 zezinhos no Parque Villa-Lobos. Com bicicletas cedidas pela Green Bike, os jovens pedalaram e se divertiram durante duas horas pelas áreas verdes do parque. Finalizando com um sorvete e bate-papo com a cicloativista e voluntária de todas as atividades desta edição do Pedala Zezinho, Silvia Ballan.

“Foram dias sensacionais, em que aprendi e ensinei e agora posso até dizer que também sou um pouco dos Zezinhos. Por lá deixei minhas ideias e trouxe mil sorrisos, abraços e esperanças de todas as crianças e adolescentes que procuram um mundo mais humano”, contou Silvia.

O Pedala Zezinho, assim como outras atividades da Casa do Zezinho, engrande a alma e deixam marcas eternas em quem participa. Aproximar as pessoas e trocar conhecimento é uma das formas mais eficientes de promover a revolução social para as futuras gerações.

A Casa do Zezinho fica localizada na Rua Anália Dolácio Albino, 30, Parque Maria Helena, Capão Redondo/SP.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados