REVISTA BICICLETA - Os benefícios do ovo para o ciclista
Divulgue sua marca aqui!
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 82

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Saúde - Alimentação

Os benefícios do ovo para o ciclista

O lanchinho com pacotão de proteínas definitivo

Revista Bicicleta por Chris Fenn do BikeRadar / Tradução Pietro Petris
28.773 visualizações
02/02/2016
Os benefícios do ovo para o ciclista
Foto: Depositphotos

Muitas pessoas consideram os ovos como uma boa fonte de proteínas – e eles realmente são. Um pequeno ovo de galinha provê 6g de proteínas de boa qualidade. Essa proteína se encontra principalmente na parte branca, a clara, enquanto a gema é rica em colesterol, gorduras e vitamina E.

As proteínas são muito importantes no crescimento. Mesmo que seu número de calçado não tenha aumentado durante algum tempo, isso não significa que você parou de crescer. Nova pele, novo cabelo e unhas estão sempre sendo fabricados – e isso requer proteínas. As células do corpo constantemente são repostas também.

Exercícios estimulam este processo por aumentar o tráfego das proteínas, e de fato, depois de algumas dezenas de quilômetros pedalando, há uma perda geral nos níveis de proteínas.

O Dr. Chris Fenn explica.

De quanto você precisa?

A maioria das mulheres ativas precisam de 66 a 80g de proteínas por dia, enquanto os homens precisam de 84 a 98g. Quatro ovos pequenos, dois pedaços de frango e um copo cheio de leite semidesnatado proverão quase 60g de proteínas, portanto, não é difícil bater as metas.

Mas não é só de proteínas prontas que o corpo precisa, mas também das unidades menores – os aminoácidos – com os quais as proteínas são construídas. Há 20 aminoácidos principais, que podem ser juntados para formar centenas de proteínas diferentes. Mas os 20 precisam estar presentes ao mesmo tempo para sintetizar a proteína – se um estiver faltando, não haverá produto final.

É como se um fabricante de bicicletas precisasse fabricar 100 bicicletas. Ele precisa de 100 quadros, 200 rodas e 200 pedais, mas ele só tem 80 selins. Isso impede que ele termine o trabalho. O corpo pode construir 12 dos 20 aminoácidos, mas precisa retirar os outros 8 da alimentação – e é aqui que os ovos desempenham seu papel, já que eles contém todos os aminoácidos essenciais.

Outra vantagem dos ovos é que eles te deixam satisfeito rapidamente – tornando o humilde ovo um dos alimentos naturais mais ricos e convenientes. Por exemplo, se você pretende fazer um pedal longo, é importante comer bastantes carboidratos de qualidade antes de iniciar a jornada e levar alguns lanchinhos ricos em carboidratos com você.

Porém, uma reação comum a uma refeição com muito carboidrato é tontura e hipoglicemia. A solução não é limitar a quantidade de carboidratos que você ingere. Basta adicionar algumas proteínas. Elas levam mais tempo para digerir do que os carboidratos, portanto, elas ajudam você a se sentir saciado por mais tempo e ajuda a prevenir a hipoglicemia. Portanto, dois ovos fazendo parte de um café da manhã cheio de carboidratos antes de um pedal longo é a escolha perfeita.

A questão do colesterol

O único problema é que comer ovos muitas vezes é visto com maus olhos, porque eles são uma rica fonte de colesterol – as pessoas vão dizer que as chances de ter um ataque cardíaco seria grande. Mas não tenha medo! Para ciclistas saudáveis, alimentos com alto colesterol são a menor das causas de colesterol elevado no sangue; as gorduras processadas e saturadas é que são as reais inimigas.

Essas gorduras geram 6 vezes mais probabilidade de subir os níveis de colesterol no sangue do que comer alimentos ricos em colesterol. No entanto, se você tem problemas com colesterol no sangue, diabetes ou histórico familiar com problemas cardíacos, é importante restringir sua ingestão de colesterol. A Organização Mundial da Saúde recomentar um limite de 300mg de colesterol por dia (a gema de um ovo médio contém 200mg de colesterol).

Lembrando que a qualidade dos nutrientes do ovo é, não surpreendentemente, afetada pela qualidade da nutrição das galinhas poedeiras.

 

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados