REVISTA BICICLETA - Miriam Bacca - Eu Pedalo
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Eu Pedalo

Miriam Bacca - Eu Pedalo

Bicicleta, Minhas Pernas - Rio do Sul, SC

Por Revista Bicicleta
35.357 visualizações
14/06/2011
Miriam Bacca - Eu Pedalo
Foto: Revista Bicicleta

“Uma vez, uma menininha olhando a gente passar, gritou: - Olha! Uma ‘bicicleta escolar’! Fazendo analogia ao ônibus escolar”, lembra Miriam. Mãe de três filhos, era comum as pessoas conviverem no trânsito com ela a caminho da escola, e todos acomodados na bicicleta.

Ela vai ao trabalho, às reuniões de negócios, ao supermercado, encontros com amigas, levar a neta na escola - tudo de bicicleta. Miriam Bacca é uma empreendedora catarinense, avó, 55 anos, que mora em Rio do Sul - SC, no Alto Vale do Itajaí. De uma família de cinco irmãos, a bicicleta sempre esteve inserida em suas rotinas. Na infância e adolescência, Miriam pedalava uma das imensas bicicletas da família para ir à escola, cuidar do irmão mais novo e também para se divertir.

Fotos a registram ainda bebê, no colo de seu pai, de bicicleta. Hoje, essa cena se repete com Miriam levando sua neta de dois anos para todos os lados. “Só uso o carro se a chuva é muito forte ou se o trajeto é muito grande. E se a chuva é fraca ando com o guarda-chuva,” afirma ela que encarou, dia desses, pedalar 24 quilômetros como meta para um desafio pessoal. “Queria saber se conseguia. E consegui. Cheguei cansadinha, mas valeu a pena tentar!”.

Quebrando Paradigmas

Miriam casou com o médico Luiz Carlos Bacca (já falecido). “As pessoas se chocavam. Mulher de médico andando de bicicleta? Mas isso nunca alterou minha rotina. E meu marido, que tinha na simplicidade a sua filosofia de vida, sempre respeitou, apoiou e incentivou meu estilo”, afirma ela, passeando entre muitas lembranças.
A bicicleta que encantou e surpreendeu as pessoas nas tranquilas ruas de Rio do Sul foi comprada de seu avô e ficou com ela mais de 27 anos quando, após uma reforma patrocinada pelos filhos, foi roubada.

“As pessoas se chocavam. Mulher de médico andando de bicicleta?"

Qualidade de Vida

“Além da questão ecológica, porque o uso da bicicleta reduz a emissão de gases poluentes, ainda estão questões práticas. Pedalar me faz economizar tempo e combustível, espaço nos estacionamentos e amplia minhas possibilidades de convivência com a natureza e as pessoas”, afirma com convicção.

A saúde conquistada com o exercício físico lhe garante não só vitalidade, mas também uma capacidade de absorção do meio muito mais amplo. Visão, memória e agilidade fazem parte do ganho.

Seu hábito é tão arraigado que sua percepção da paisagem fica restrita dentro do carro. “Quando viajo a turismo, lamento não levar minha bicicleta porque tenho certeza de que os passeios seriam muito mais produtivos. A velocidade do carro e o trânsito tiram a chance de vermos com mais calma as coisas em volta, e a bicicleta proporciona esses prazeres que são insubstituíveis”.

Essa paixão pela bicicleta está presente na sua vida de forma natural, espontânea, visceral. Não é uma causa, nem uma campanha. Miriam é exemplo de inovação: alguém que ignora modismos ou tendências para viver da forma mais saudável.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados