REVISTA BICICLETA - Kona Caldera
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Testes - Bicicletas

Kona Caldera

Revista Bicicleta por Pedro Cury
35.112 visualizações
06/12/2012
Kona Caldera
Foto: Pedro Cury

A marca americana Kona está no mercado desde 1988, fazendo história com bikes inovadoras e apoiando todo o cenário do mountain biking especialmente com seus bike parks.

A Bike

O quadro é feito em alumínio 7005 proprietário da Kona chamado Race Light, que tem espessuras diferentes ao longo dos tubos, o que gera um quadro mais leve, porém com maior rigidez à torção. Também é usado o processo SPF (Superplastic Forming), que permite moldar os formatos dos tubos de uma maneira mais eficiente que o processo de hydroforming, segundo a Kona. A geometria conta com tubo superior sloping (inclinado), o que diminui a altura do tubo superior no encontro com o tubo de selim, permitindo maior jogo de corpo na bike. O triângulo traseiro do quadro também tem medidas mais curtas, permitindo melhor transferência da força da pedalada e maior eficiência na frenagem.

A suspensão Rock Shox Recon Silver TK Solo Air conta com 100 mm de curso, trava pela suspensão, funcionamento a ar e ajuste externo de retorno.
Os freios Shimano Deore são hidráulicos e à disco e contam com rotores de 180 mm na frente e 160 mm atrás.

A transmissão é composta por pedivela FSA Comet com 44 / 32 / 22 dentes, 27 marchas, câmbio traseiro Shimano XT Shadow e dianteiro Shimano Alivio. Os passadores são Shimano Deore e Cassete Shimano HG50 11-34d.

As rodas possuem aros Mavic XM119, cubos Shimano M435m, raios Sandvik e pneus Maxxis Aspen 2.1".

O cockpit conta com guidão Kona XC com 710 mm de largura, avanço Kona XC de 90 mm com oito graus, canote Kona Double Clamp, selim WTB Valcon Sport e punhos Kona Race Light sem trava.

Esteticamente a bike é predominantemente branca, assim como o selim e suspensão. O quadro conta com detalhes pretos e dourados.

O Teste

Chamamos para testar o atleta Pietro Carlo, que é bi-campeão do Paraty Multi-sport e campeão do circuito de corrida de aventura Terra Fast, entre outros títulos. A bike foi testada em terreno de nível técnico intermediário e condições secas.

Subindo, a bike conta com a ajuda da geometria afinada da Kona, que faz com que a pedalada seja realmente mais aproveitada. O cassete com maior catraca de 34 dentes se encaixa perfeitamente na proposta de uma bike intermediária, onde não são esperados super atletas para pedalar relações mais pesadas. A trava na suspensão também contribui para o comportamento positivo nas subidas. Porém, por não ser no guidão, é preciso que o piloto se estique para acionar a trava. O pneu traseiro também não oferece o desempenho que esperávamos em termos de tração, porém, oferece uma boa rolagem.

Nas descidas, é notado um grande conforto e estabilidade fornecidos pelo maior guidão de 710 mm. Esse tamanho normalmente não equipa bikes de série e é muito bem-vindo. A suspensão Rock Shox também oferece uma excelente performance com seu funcionamento a ar e controle de retorno, o que permite uma regulagem bem personalizada para diferentes terrenos e preferência do piloto. A decisão de pôr um rotor de 180 mm apenas no freio dianteiro foi bastante acertada para oferecer um melhor desempenho nas descidas mais rápidas. Porém, o desempenho dos freios ficou abaixo das expectativas.

Em todas as situações se nota um ótimo desempenho na mudança de marchas, com a ajuda do câmbio traseiro Shimano XT que foi uma ótima escolha como melhor componente da transmissão. Um ponto muito positivo é a quantidade de tamanhos de quadros oferecidos: são sete opções de tamanhos para que a bike se encaixe perfeitamente às pessoas de qualquer altura.

Conclusão

A Kona Caldera conta com uma seleção equilibrada de componentes e a maior opção de tamanhos do mercado. A suspensão já possui funcionamento a ar e o quadro conta com uma boa construção, sendo uma opção atrativa para quem quer uma performance acima do iniciante, mas ainda não busca resultados em competições.

Garantia e Preço

Preço R$ 4.999,00. Garantia vitalícia para o quadro e de 1 ano para componentes (apenas para o primeiro proprietário).

Prós

- 7 opções de tamanhos
- Cassete com 34 dentes
- Guidão 710 mm

Contras

- Sem trava no guidão
- Pneu traseiro
- Punho sem trava

Vestuário: Capacete Da Matta Blizard, óculos Da Matta D8, camisa Da Matta Rombo, bretelle Da Matta Top, luvas Da Matta LV-03, meias Da Matta MB-02, sapatilha Specialized.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados