REVISTA BICICLETA - Feiras pelo mundo
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Eventos - Feiras

Feiras pelo mundo

Por Revista Bicicleta
33.656 visualizações
03/12/2012
Feiras pelo mundo
INTERBIKE - Las Vegas - EUA - 19 a 21 de Setembro
Foto: M. Takahashi

Uma feira de negócios oferece muitas oportunidades. Um contato mais pessoal com os clientes, confraternizar com amigos e, claro, fazer negócios e apresentar as novidades são alguns dos objetivos alcançados.

Para quem visita, o evento permite atualização profissional e técnica, tanto com as palestras como com a visitação aos estandes. Como a feira reúne o que há de mais moderno e inovador em determinado setor, ela pode ser considerada uma grande vitrine impulsionadora desse mercado.

Muitas das ideias apresentadas pasmam os visitantes e intrigam pela tecnologia empregada, pela eficiência ou design. No mundo todo, acontecem várias feiras exclusivas ao mercado da bicicleta. Em 2012, cobrimos a Taipei Cycle Show, a China Cycle Show, a Eurobike e a Interbike. Veja as novidades apresentadas nestas, que são consideradas as maiores feiras de bicicleta do mundo.

TAIPEI CYCLE SHOW - 20 a 23 de março

A Taipei Cycle Show, realizada em Taiwan, é o maior evento do setor de bicicletas no continente asiático, terceiro maior do mundo. Em comparação com 2011, nota-se que o número de expositores europeus e norte-americanos diminuiu, dando oportunidade para novos expositores. Há uma disputa intensa por um espaço na feira por parte das empresas locais e chinesas. Também percebe-se que Taiwan passou a observar mercados emergentes, como o latino-americano e o chinês, buscando soluções para as necessidades destes, tornando os fabricantes mais flexíveis, compreensivos e criativos. Isso se refletiu também no aumento de visitantes dessas regiões.

A fibra de carbono continua sendo a aposta na fabricação de um produto de alto valor agregado aos consumidores que buscam sofisticação e desempenho. Além disso, o material permite o desenvolvimento de projetos com design diferenciado e muitas vezes inusitado. Mas as bicicletas elétricas foram a tônica da feira. O uso dos modelos elétricos é crescente e a maioria dos trabalhadores na China estão utilizando e-bikes como veículo de transporte. Diante da demanda, os fabricantes investem em inovação e ocuparam áreas nobres da feira para destacar os seus modelos.

Mesmo sendo a bicicleta um veículo sustentável, os inventores buscam tornar o produto ainda mais amigo do planeta. Nessa busca, há projetos que envolvem várias matérias-primas: na feira, por exemplo, havia um protótipo com quadro de madeira e um capacete feito de papelão. Como a bicicleta se encaixa em inúmeras utilizações e qualquer pessoa pode usá-la, os expositores apresentaram produtos para todos os estilos. Bicicletas retrô, conceitos mais românticos para um casal, trailers para crianças, modelos customizados para os saudosistas rebeldes, design e inovação em projetos futuristas ou de performance, bikes dobráveis para quem busca portabilidade etc.

A feira de Taipei começa a se destacar por sua criatividade e genialidade. Se antes os expositores simplesmente seguiam as ideias de clientes europeus e norte-americanos, agora buscam espaço para suas próprias criações e, quem sabe, passarão a ditar as tendências no mercado mundial em um futuro breve.

CHINA CYCLE SHOW - Shanghai - 26 a 29 de abril

Essa feira realizada na China é bastante tradicional, está na 22ª edição. Com a crise dos países "ricos" e o aumento da demanda interna chinesa, as empresas expositoras estão apostando no mercado interno chinês. Antes, a feira era praticamente uma vitrine de demonstração dos produtos aos potenciais clientes europeus e americanos. Com sede em Shanghai, o evento conta com 200.000 m² de área coberta e 130.000 m² ao ar livre, com demonstrações de diferentes modalidades do ciclismo: uma infraestrutura grandiosa.

As empresas que haviam estado em Taiwan não trouxeram grandes novidades: a impressão que ficou é que apenas desmontaram os estandes e transportaram o material para a China. Já os expositores locais, sintonizados com as necessidades específicas da população, apresentaram várias novidades. O preço dos produtos se mostrou mais condizente com o padrão de vida na China, mas a qualidade deve melhorar em breve, com o aumento da exigência por parte do 

consumidor local. Algumas poucas empresas ainda exploram a similaridade visual e até de pronúncia de sua marca com grandes marcas mundialmente famosas, mas os fabricantes claramente buscaram uma identificação entre seus produtos e o consumidor.

Mesmo com a produção doméstica, os produtos em fibra de carbono ainda não estavam com preços atrativos. Quanto às bikes elétricas, não podiam encontrar um cenário melhor na China. O uso dessa solução para o deslocamento urbano cresce diante às severas restrições impostas às motos e ciclomotores.

Esta edição da China Cycle comprovou nossas suspeitas de como a China lida com os problemas de demanda internacional por seus produtos. Ela desenvolve e ativa seu mercado interno com a melhoria da distribuição de renda entre as classes, bem como um maciço investimento em sua infraestrutura permitindo que os fabricantes mantenham seus custos e preços sob controle a despeito da crise mundial. Uma lição a ser seguida sob muitos aspectos aqui no Brasil.

EUROBIKE 2012 - 21ª Edição - Friedrichshafen - Alemanha - 29/08 a 01/09

Uma vez por ano o mundo da bicicleta encontra-se em Friedrichshafen, no sul da Alemanha, para ver as inovações e lançamentos que as empresas do ramo apresentam. Em 2012, foram 1.250 expositores de 49 países. O público pode presenciar, nos 14 pavilhões e em pistas de teste, os produtos mais novos do mercado. O último dia é aberto ao público em geral, por isso as empresas expositoras consideram a Eurobike uma plataforma importante para o contato com seu consumidor final.

Dentre os destaques, o prêmio Eurobike Award é dado para os produtos que se destacam em diversas categorias e ficam expostos em um pavilhão especial da feira. Neste ano, 84 produtos convenceram o júri e conquistaram o prêmio. O 11º congresso internacional sobre viagens que utilizam a bicicleta como meio de transporte reuniu cerca de 200 participantes de 23 países e foi outro destaque da feira.

Pelo que se viu na Eurobike, o ano de 2013 vai dar o que falar. O lançamento do primeiro câmbio 1x11 para cross country da Sram (XX1), a eletrônica nas bicicletas da Ghost, Haibike e Lapierre, o “novo” aro 650B (27,5”)... São tantas inovações impressionantes e algumas até revolucionárias! A questão do tamanho das rodas (26'', 27,5'' ou 29'') foi bastante debatida entre expositores e visitantes. Na Europa, algumas marcas têm investido bastante no tamanho 650B, como a Scott com o novo modelo Genius (também em aro 29”).

A novidade da Shimano é o cassete de 11 velocidades nos novos modelos de câmbio mecânico ou eletrônico Dura Ace. Para o freeride e principalmente o downhill a empresa lança o M820, a terceira geração do grupo de câmbio Saint que são conhecidos pela durabilidade e boa performance. Já o Shimano Ultegra Di2 passa a ter concorrência do câmbio eletrônico Athena da italiana Campagnolo.

A Scott apresentou os seus novos modelos 2013 de mountain bikes do tipo all mountain (Genius 700 e 900), que não possuem versão com aros 26''.

A Ghost, Haibike e Lapierre desenvolveram juntas com a Rock Shox e a Trelock um sistema eletrônico para as suspensões de suas bicicletas full suspension. O sistema com sensores envia todas as informações da pedalada para um ciclocomputador que analisa todas elas em menos de um segundo e regula automaticamente as suspensões. A bateria deve durar 25 horas e o sistema todo é a prova d'água.

INTERBIKE - Las Vegas - EUA - 19 a 21 de Setembro

Fechamos a matéria da Interbike 2011 com um tom um tanto quanto melancólico, mas de certa forma com a esperança e votos de uma feira melhor em 2012. Buscando um ângulo de visão diferenciado, convidamos dois pilotos com experiência em Downhill e BMX para nos acompanhar nesta viagem. Acreditem, não só a feira realmente superou nossas expectativas como a vimos sob um prisma diferenciado.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados