REVISTA BICICLETA - De rosa shock, batom e muita força no pedal
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Grupo de Pedal

De rosa shock, batom e muita força no pedal

Revista Bicicleta por Rose Campos
38.586 visualizações
02/01/2015
De rosa shock, batom e muita força no pedal
Foto: Alex Tommesani

Em 2012, a Pedalada das Meninas alcançou o seu número máximo de participantes mostrando que as mulheres se interessam cada vez mais pelo mountain bike. Pela oitava vez consecutiva a cena se repete: morro acima em um trajeto misto de asfalto e terra, sem temer o barro ou a poeira, um pelotão onde a cor predominante é o rosa avança com suas bicicletas. É a Pedalada das Meninas.

A ideia criativa surgiu em 2005, quando um grupo inicial de apenas 11 pessoas completou o circuito pela primeira vez. “Eu já me interessava pelo mountain bike, mas percebi que as mulheres tinham pouco espaço no esporte e resolvi, junto com outras amigas, realizar um trajeto no qual nós fôssemos a referência. Foi uma forma também de celebrar o Dia Internacional da Mulher”, conta Elaine Navarro, uma das principais coordenadoras do evento. Desde então, a Pedalada das Meninas vem se repetindo, sempre no mês de março. A diferença é que o grupo até agora não parou de crescer. A cada edição há mais participantes, mais profissionalismo na infraestrutura formada para comportar a ação e mais entusiasmo por parte das adeptas.

Em 2012, o evento chegou à sua oitava edição e reuniu, no dia 11 de março, o número máximo de inscrições que consegue comportar atualmente: 150 participantes. E, incluindo a equipe de apoio, ao todo foram cerca de 190 pessoas envolvidas. Isto porque o objetivo não é simplesmente crescer aleatoriamente, mas promover um encontro no qual as pessoas descubram de fato o prazer desta prática esportiva. Tem funcionado tão bem que não é raro encontrar pessoas que tiveram na Pedalada seu primeiro contato com o mountain bike e a partir daí não abandonaram mais o esporte.

O percurso de 26 quilômetros tem como ponto de saída e de chegada o Camping Cabreúva, onde muitos dos participantes se instalam desde o dia anterior ao evento, preparando-se para a jornada, que passa também pela cidade vizinha de Itu.

Casais mais unidos

Desde seu início, a Pedalada das Meninas tem o objetivo de ser uma porta de entrada para o público feminino no mountain bike, ou seja, uma oportunidade a mais para as mulheres praticarem esta modalidade. Porém, não há preconceito e homens também podem participar, desde que estejam acompanhados de uma mulher inscrita. O que se nota é que os casais que pedalam juntos acabam criando um elo a mais de cumplicidade e companheirismo. Principalmente aqueles que passam a repetir a experiência no seu dia a dia, conforme vários já relataram.

No dia da Pedalada, a confraternização entre todos começa cedo, quando é oferecido um farto café da manhã e, logo a seguir, sob as orientações dadas por uma fisioterapeuta, os exercícios de alongamento.

Este ano, o roteiro foi percorrido em aproximadamente quatro horas. Ao longo do trajeto se sucedem belas paisagens em meio à natureza, antigas fazendas e outros pontos históricos, que guardam preciosidades da cultura local. Um desses locais é o Armazém do Limoeiro. Fundado em 1901, o pequeno comércio preserva ainda hoje suas características originais e o ambiente pitoresco. Neste ponto o grupo foi recepcionado por um grupo de músicos e cantadores regionais que preserva a tradição do cururu, uma espécie de desafio musical com rimas feitas de improviso.

Para iniciantes, um desafio e tanto

Para muitas mulheres, este é o primeiro contato com o ciclismo, uma atividade que exige bastante preparo físico. Compartilhar a experiência com o parceiro pode ser um estímulo para ambos seguirem firmes até o fim da Pedalada. É também uma forma de apresentar às mulheres, de uma forma tranquila, um esporte que pode ser bastante radical.

Apesar de programado para não apresentar muitas dificuldades técnicas, para iniciantes o trajeto pode ser desafiador. Por isso, uma equipe de condutores orienta e motiva todos os participantes. E se houver algum incidente durante o percurso, é possível contar com carros e caminhões de apoio. A infraestrutura preparada inclui ainda a distribuição de água e frutas durante o trajeto, o acompanhamento de bombeiro socorrista e enfermeira de prontidão para qualquer emergência, e a escolta da polícia militar, para garantir a segurança do grupo principalmente nos trechos de rodovia.

"Como estreante eu fiquei maravilhada com tamanha organização, carinho e dedicação aos participantes. Sem mencionar toda energia que rola antes, durante e depois do passeio. Está aí um vício que acabei de adquirir, e quero passar adiante", diz Marúsia Feitosa, uma das participantes. 
"Declarações assim é que tornam compensador todo o trabalho exigido na realização da Pedalada das Meninas e nos mostra que estamos no caminho certo e os objetivos estão sendo alcançados", afirmam Elaine Navarro e Cando Luís, organizadores da Pedalada.

A Pedalada das Meninas só tem sido possível com o apoio de várias empresas. A Shimano é o principal parceiro e patrocinador oficial pelo terceiro ano consecutivo. Também contribuíram como apoiadores: Atua Agência, Mu-hu Bike Wear, Revista Bicicleta, Camping Cabreúva, BikeIsMyLife e o Circuito Brasileiro de Cicloturismo.

Campanha solidária

Durante a realização da Pedalada, a ONG +Vida, que oferece assistência a portadores e famílias de portadores de neoplasia (câncer), fez um trabalho de conscientização entre os participantes sobre a necessidade de serem adotadas medidas preventivas contra os vários tipos de câncer, entre eles o de pele, consequência direta da alta exposição ao sol, uma realidade para os ciclistas. Também foram abordados temas que envolvem a saúde da mulher, como câncer de mama e de colo do útero. Cada ciclista também contribuiu com a doação de dois litros de leite e toda a arrecadação foi encaminhada para a Campanha Solidária realizada pela ONG.

Agora resta se preparar para a próxima edição da Pedalada das Meninas, programada para acontecer no dia 10 de março de 2013. A organização prepara eventos inéditos para este ano e o primeiro deles deverá ser uma pedalada especial em comemoração ao Dia dos Namorados. 

Saiba mais em:

www.pedaladadasmeninas.com.br e facebook.com.br/pedaladadasmeninas

A Pedalada das Meninas é realizada pela PromoverAção, empresa de eventos que alia qualidade de vida e bem estar a experiências de marketing esportivo. A empresa disponibiliza em seu site um calendário de atividades e ações, além de ser um canal de comunicação para quem deseja investir em projetos como este.  

Mais informações pelo site: www.promoveracao.com.br.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados