REVISTA BICICLETA - Alimentação no Cicloturismo
THE POWER OF THE PRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

Bicicleta Sense a partir de R$ 2.765,00!
Revista Bicicleta - Edição 68

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Cicloturismo

Alimentação no Cicloturismo

O cicloturismo é uma ótima opção para quem gosta de andar de bicicleta sem ter o compromisso de uma competição. Nesta modalidade, é importante realizar o planejamento dos alimentos que serão consumidos durante toda a viagem ou passeio.

Por Revista Bicicleta
40.594 visualizações
12/07/2015
Alimentação no Cicloturismo
Opte por alimentos que não necessite refrigeração ao levá-los nas mochilas
Foto: Shutterstock

Como normalmente são transportados em mochilas, é necessário optar por alimentos práticos, com uma boa durabilidade, e que não necessitem de refrigeração.

A alimentação será fundamental para repor as perdas dos nutrientes gastos durante a prática do cicloturismo.

Água, bebidas isotônicas e suco de frutas são importantes para prevenir a desidratação. Essas bebidas devem ser ingeridas num intervalo de 15 a 20 minutos, e a quantidade deve ser de acordo com a sua tolerância gástrica.

Durante o dia, realize três refeições principais: café da manhã, almoço e jantar, e pelo menos três lanches entre as refeições.

Para repor carboidratos, vitaminas e sais minerais, as frutas secas - como uva passa, damasco e maçã seca, e castanhas - como castanha de caju, nozes, Castanha-do-pará, amendoim e soja torrada, são boas opções de lanches. Uma boa dica é fazer um mix de frutas secas e castanhas. Barrinhas de cereais também são muito práticas.

As frutas in natura podem ser consumidas, mas devem ser compradas nos locais em que passar durante a viagem, pois elas se deterioram mais rápido, impossibilitando seu transporte na mochila. Opções de frutas: banana (que é uma fonte rica em potássio, para prevenir as cãibras), maçã, laranja e pêra, que são frutas de fácil consumo.

A cenoura pode complementar sanduíches, ou ser uma opção de lanche, cortada em palito. Os queijos processados podem compor os sanduíches, pois não precisam estar refrigerados.

Para o almoço e jantar, podem ser utilizados os alimentos liofilizados, que são alimentos com menor teor de água e possuem maior tempo de validade, como risoto, purê de batata, feijão, arroz, carnes e clara de ovo, e também os alimentos secos, como macarrão, farinhas e temperos. São alimentos práticos e que garantem a energia diária.

A carne de soja, que é proteína vegetal texturizada, é uma ótima substituta da carne in natura, pois é fácil de ser comprada e de rápido preparo, lembrando apenas que precisa ser bem temperada.

Uma dica importante é treinar o preparo desses alimentos em casa, para que durante a viagem ou passeio garanta uma alimentação saudável, saborosa e que atenda sua necessidade energética diária.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados