REVISTA BICICLETA - 7 erros que você pode estar cometendo ao pedalar e como corrigi-los
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 78

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Mobilidade - Segurança

7 erros que você pode estar cometendo ao pedalar e como corrigi-los

Revista Bicicleta por Andreas
28.251 visualizações
30/01/2016
7 erros que você pode estar cometendo ao pedalar e como corrigi-los
Foto: VBaleha / Depositphotos

A vasta maioria dos ciclistas frequentemente comete esses erros nas estradas. Qualquer um que reconhece e corrige seus erros pode pedalar mais seguro, confiante e eficiente. Até a última semana eu estava cometendo esses erros também. No entanto, um curso de 2 horas que completei na última quinta-feira, pelo altamente recomendado Cycle Training UK, mudou completamente minha técnica de pedal. Aqui estão erros comumente cometidos e como eles podem ser corrigidos.

1 -  Pedalar onde os carros não podem lhe ver

Talvez o erro mais frequente cometido pelos ciclistas iniciantes é pedalar muito próximo da calçadwa ou acostamento. Isso pode parecer mais seguro por você imaginar que está fora do caminho dos carros. No entanto, isso é na verdade mais perigoso. Para começar, isso encoraja motoristas a tentar manobras arriscadas quando claramente não há espaço suficiente para ultrapassar. Você também fica menos visível, não apenas para carros, mas também para pedestres que estão saindo para a estrada. Se há um obstáculo a frente, você terá menos espaço para evitá-lo.

Essa é uma das dicas que eu já tinha ouvido antes sobre segurança ao pedalar, mas eu ignorava ela frequentemente. Agora, quando eu estou em um lugar que eu possa trafegar na mesma velocidade dos carros ou se eu acho que o carro não tem segurança ao me ultrapassar, eu pedalo no centro da minha pista. Na verdade, pedalar no centro da pista é minha posição padrão para pedalar. Eu só me coloco para o lado quando eu tenho certeza que o carro pode me ultrapassar com segurança.

2 – Não ter consciência dos usuários da estrada que estão atrás de você

Olhar frequentemente por trás do ombro, a cada 8-10 segundos, dá a você uma boa noção do que está atrás de você. Isso significa que você não terá nenhuma surpresa desagradável. O lado bom de fazer isso é que os carros vão perceber que você está de olho neles e vão se comportar mais. Também, isso aumenta a atenção deles em você, fazendo com que tenham noção da sua posição na estrada. Contato visual faz uma grande diferença na segurança ao pedalar.

3 – Permitir que um carro fique muito perto de você em um cruzamento

Se o carro manobra para se aproximar de você próximo de um cruzamento (lateralmente), quando ele for se deslocar, principalmente se for virar para outra direção, a situação se torna muito perigosa. Quando você vê um cruzamento a sua frente, vá para o centro da pista. Isso previne que os carros te coloquem em uma posição perigosa e permite que você saia de forma segura.

4 – Sair do acostamento sem visão clara de onde estão os carros

Esta é uma área na qual eu pedalava muito, colocando a mim mesmo em uma situação perigosa e causando problemas para os motoristas. O que eu fazia era jogar minha bike na estrada onde eu não podia ser visto e então pulava para dentro do tráfico. Ao contrário, eu deveria me colocar onde eu possa ser visto de uma boa distância e então começar a adentrar no tráfego.

5 – Ultrapassar pela direita

Durante essa parte da lição eu comecei a me questionar sobre quão apropriadas as ciclo-faixas são. Foi aí também que eu notei que em vez de agir como um ciclista eu deveria pensar mais como uma motocicleta.

Se, por exemplo, você está se aproximando de um semáforo e alguns carros já estão esperando pelo sinal verde. Instintivamente, eu ultrapassaria pela direita, provavelmente em uma estreita ciclo-faixa, para ficar na frente da fila. No entanto, se a o sinal abrir durante esse processo, eu fico em uma péssima posição. Além disso, os motoristas são ensinados a olhar para a esquerda para ver se alguém está ultrapassando. E esse é o lugar mais seguro para estar. No geral, quando for ultrapassar, você sempre deve fazer isso pela esquerda. Você nunca sabe quando um carro vai virar para a direita sem olhar pelo retrovisor.

6 -  Pedalar sem manter os dedos no freio

As mãos devem ficar sempre posicionadas com os dedos nas alavancas de freio, pois caso haja uma necessidade repentina de frenagem você estará pronto para isso. Se isso não for confortável, então você deve ajustar as alavancas de freio para que fiquem mais perto do guidão.

7 -  Usar gestos de mão incorretamente

Isso não significa fazer gestos obscenos com as mãos para motoristas! Você vê muitos ciclistas usando parte dos braços para apontar a direção em que estão indo. Os carros raramente veem isso. Ao contrário, você deve esticar bem os braços de modo firme, o que mostra autoridade e é uma indicação clara das suas intenções. Se você tem medo de fazer isso por ficar instável em pilotar com uma mão só, então pratique pilotar com uma mão só antes de fazer isso. Um erro que eu cometo é indicar minha direção sem olhar para trás antes. Olhar para trás sempre deve vir primeiro.

Apenas tome cuidado para não ficar confiante demais. E se puder fazer um desses cursos, faça. Vai aprender muito mais lá. 

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
1 comentário.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Nildomar Valdir dos Reis

04/01/2016 às 15:34

Excelente matéria, utilizo minha bike para ir ao trabalho diariamente e estas dicas são ótimas alguma já pratico. No entanto a primeira dica "pedalar no centro da faixa" tenho grande dificuldade pois mesmo com velocidade igual ao veículos ou qdo. me posiciono para ser visto sou empurrado para o meio fio !!! Tenho um pouco de medo desta posição !!
Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados